Dona Maria fez questão de consolar o filho após sair do jogo machucado

O atleta Gordo, do Bahia, foi atingido durante uma disputa de bola durante a semifinal do Citadino e se machucou a ponto de ter que sair da partida.

O jogador, um dos destaques do campeonato, com um futebol leve, técnico e de velocidade, teve que sair de campo carregado nos braços pelos companheiros de time e até pelo goleiro adversário, o kaká. Isso preocupou a todos, desde amigos até torcedores.

Ele já havia se machucado durante a semana em uma partida de futsal, pelo Jocol, e isso quase o tirou do jogo no estádio municipal. Quase, pois mesmo mancando entrou no gramado do Tio Vida, na tarde deste domingo (14), para vestir a camisa e representar a equipe do seu bairro, dos seus irmãos e amigos e do seu pai, o Daboit, presidente do time.

Quando foi levado para sentar em uma cadeira, fora do campo, o craque se mostrava inquieto com a lesão. Foi quando, correndo, chegou sua mãe, a dona Maria, que logo o abraçou fazendo carinho e o consolando. Seu pai, o Daboit, fazia massagens na perna do filho, tentando amenizar as dores enquanto dizia – “Te falei meu filho, não segura muito a bola, senão vão te machucar, eu te falei”, e nisso a dona Maria, chorando, perguntava, -“Você tá bem meu filho, você tá bem”. O craque do jogo, não aguentou, esqueceu as dores e foi as lágrimas.

Seu time passou para a final no próximo domingo dia 21. Gordo vai se preparar para estar em campo, talvez com muito descanso, talvez com muitos remédios, mas se depender do carinho de seus pais, vai estar “tinindo” na decisão.

Texto e fotos: Nilton Wolff / Lages OnLine

Categorias: Uncategorized

0 comentários

Deixe uma resposta

Avatar placeholder

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *