Moradores que precisam se deslocar para o centro da cidade sentem a dificuldade e perigo na Av Carahá.

Basta chover que uma grande poça d’água se forma na avenida Belizário Ramos, junto às calçadas, caminho entre o Centro e o bairro Morro do Posto.

Uma escadaria faz o elo entre os bairros, Morro do Posto, Guadalupe, São Pedro Vila Comboni e o centro da cidade.

Os moradores fazem este trajeto principalmente para trabalhar, seja no comércio central ou para ir até o Terminal Urbano para se deslocar a outras bairros da cidade.

Mas quando chove a preocupação é enorme.

Muitas pessoas se arriscam pulando a grande poça, ignorando o perigo de cair e se machucar.

Outros moradores precisam seguir pela calçada até o término do acúmulo de água para atravessar a avenida e ai o perigo aumenta, pois não tem a proteção devida, já que a faixa de pedestres se encontra ligada ao local intransitável.

Os pedestres que aguardam a passagem dos carros (alguns em alta velocidade, pois ali não tem câmara instalada) tomam um verdadeiro banho.

Em tempos de aulas presenciais, os alunos do colégio militar e dos cursos no IFSC só tem sua preocupação aumentada, pois este é o trajeto deles para o terminal de ônibus e para sua residências.

Segundo o secretário de Planejamento e Obras, João Alberto Duarte, esta demanda já está na programação da Secretaria, devido a sua necessidade, tanto para a fluidez do trânsito quanto à segurança dos pedestres.

“As chuvas das últimas semanas e o ciclone nos trouxeram vários transtornos que exigiram da secretaria uma série de trabalhos e todos urgentes, mas assim que finalizarmos estas reivindicações urgentes praticamente em todos os bairros, vamos atender esta também” – disse João Alberto.

Texto, fotos e vídeo: Nilton Wolff/lagesonline.com.br

Categorias: Uncategorized

0 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *