A estrutura receberá neste primeiro momento 28 leitos de UTI exclusivos para o tratamento da doença provocada pelo novo coronavírus.

A região serrana recebeu um importante reforço na área de saúde e no combate à pandemia de Covid-19. Em ato com a presença do governador Carlos Moisés, a nova ala do Hospital Tereza Ramos foi ativada nesta segunda-feira, 10, em Lages.

A estrutura receberá neste primeiro momento 28 leitos de UTI exclusivos para o tratamento da doença provocada pelo novo coronavírus. Isso significa mais nove leitos de terapia intensiva para pacientes da Serra, já que serão realocados 19 leitos exclusivos para Covid-19 hoje instalados na parte antiga do hospital.

De acordo com o planejamento da Secretaria de Estado da Saúde, a nova torre será ativada de maneira gradativa. O investimento do Governo no prédio é de aproximadamente R$ 105 milhões.

Nessa primeira etapa, os leitos de UTI ocuparão o terceiro andar da nova torre. O governador Carlos Moisés relembrou que esteve no mês de fevereiro no hospital, quando havia anunciado a abertura da nova ala para o dia 14 de agosto. 

“Estamos aqui para ativar esse espaço importante, que proporcionará um serviço público de qualidade. Ainda faremos outras melhorias nesse ambiente, que garantirá também mais qualidade para os servidores da saúde. Estamos olhando a saúde com atenção, não apenas pela pandemia, mas de forma perene. Precisamos fazer a boa gerência do dinheiro público e é isso que essa administração vem realizando”, discursou o governador.

O secretário adjunto da Saúde, Aldo Baptista Neto, contou que 30 novos servidores já foram incorporados ao quadro funcional do hospital, e a expectativa é que esse número chegue a 100 em breve. Ele afirma que os novos leitos garantirão um melhor atendimento aos pacientes com a Covid-19.

Nos últimos dois meses, o Governo do Estado realizou obras para que a nova ala pudesse ser aberta. Também foram entregues dois carros de emergência, dois desfibriladores, seis camas de UTI, 10 monitores multiparâmetros, 15 suportes reguláveis para soro e 23 respiradores.

“É um anseio grande da região há muitos anos. Esse é o primeiro passo para que essa ala venha atender efetivamente a comunidade. Neste momento de pandemia, é um equipamento moderno com com boxes isolados, o que traz segurança assistencial para o paciente e equipe. Agora vamos realizar os testes na nova ala e, dando tudo certo, até o final da semana estaremos abrindo os novos leitos de UTI Covid”, ressaltou o diretor do hospital, Fábio Lage.

A nova ala foi batizada como Centro de Terapia Intensiva (CTI) Jonas Coelho Lehmkuhl em homenagem ao médico que atuava no Hospital Tereza Ramos e foi vítima de Covid-19 em julho. A esposa de Jonas, Cediane Lehmkuhl, recebeu a homenagem durante o ato.

A abertura da nova ala do Hospital Tereza Ramos foi acompanhada pelo chefe interino da Casa Civil, Juliano Chiodelli, pelos deputados federais Carmen Zanotto e Fábio Schiochet, deputados estaduais Paulinha, Marcius Machado e Nilso Berlanda, e pelo prefeito de Lages, Antonio Ceron. 

Texto: Assessoria Governo do Esta de SC

Fotos: Nilton Wolff / Lages Online

Categorias: Uncategorized

0 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *