12 casos que deram positivo no teste rápidos e depois negativados em novo teste

A Secretaria da Saúde de Lages esclarece que os dois mil testes rápidos foram adquiridos como mais uma estratégia do Município para o combate à pandemia de Coronavírus.

Os exames estão sendo aplicados em profissionais de diversas áreas e casos monitorados desde a última segunda, dia 1º. A empresa que forneceu os produtos é devidamente credenciada pelo Ministério da Saúde e os testes seguem todas as exigências técnicas da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), maior autoridade sanitária do Brasil.

O objetivo da testagem é isolar possíveis casos confirmados para evitar uma eventual proliferação do vírus.

Na tarde desta sexta-feira, dia 5, tão logo tomou conhecimento da divergência de resultados em 12 cidadãos que fizeram o teste rápido no Centro de Triagem Tito Bianchini e, posteriormente, em laboratório particular, o prefeito Antonio Ceron determinou a suspensão imediata dos testes e intimou a empresa fornecedora a estar em Lages já no início da próxima semana para prestar os devidos esclarecimentos.

Texto: Comunicação Prefeitura de Lages

Fotos: Nilton Wolff/lagesonline.com.br

Categorias: Uncategorized

0 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *